terça-feira, 24 de janeiro de 2012

SANTIAGO/Chile

Santiago é a capital do Chile, uma grande e vibrante metrópole com cerca de 6 milhões de habitantes; sua língua oficial é o espanhol, mas eles entendem muito bem o português, já que é difícil você ir a algum lugar e não encontrar um “brasileiro”. É uma cidade de negócios, que recebe vários turistas do mundo todo.
Fomos para Santiago no final de dezembro, no começo do verão, mas do avião foi possível ver um pouco da neve no pico da Cordilheira dos Andes, uma cadeia de montanhas com lagos claros, e de uma beleza difícil de explicar ou transmitir através de fotos. 
Vista da Cordilheira dos Andes

Ficamos hospedados no Hotel Plaza San Francisco no centro, com excelentes serviços, quarto bem confortável e localização privilegiada. Está próximo de alguns pontos turísticos, como: o Palacio de La Moneda; o Cerro San Cristobal; Cerro Santa Luzia; o Jardim Zoológico; Casa de Plabo Neruda; Patio Bella Vista; Plaza de Armas; Museo de Arte Colonial; Museo Nacional de Bellas Artes; Museo e Iglesia San Francisco; Mercado Central entre outros.
Todos estes pontos ficam muito próximos, você pode ir a pé, para conhecer melhor a cidade, ou de metrô. É muito seguro e tranquilo se guiar com o metrô; para facilitar, íamos de um lado para o outro com ele, mas, não se esqueça de pedir um mapa para a recepcionista do hotel, será muito útil.
Bandeira do Chile
O Palacio de La Moneda, o Cerro Santa Luzia, o Museu e Iglesia San Francisco ficam na mesma avenida no centro. Andando pelo centro você encontra várias lojas, bancos, casas de câmbio, os outros museus e o Mercado Central, onde ficam alguns restaurantes que exploram um pouco os turistas.
Palacio de La Moneda


Museu e Iglesia San Francisco


Museu Nacional de Bellas Artes


Terraza Neptuno fica no Cerro Santa Lucia
No bairro Bela Vista está o Cerro San Cristobal; o Jardim Zoológico; a Casa do famoso poeta e escritor Plabo Neruda, que fica a poucos metros do Jardim Zoológico numa rua sem saída;  o Patio Bella Vista com vários restaurantes e lojas com as famosas Pedras Lápis Lazúli.
Casa de Pablo Neruda no bairro Bela Vista


O bairro Providencia é bem moderno, com várias lojas e restaurantes. É bem seguro andar a noite, aproveite porque em Santiago 09:00 da noite ainda é dia, com sol e tudo. Não deixe de ir aos Restaurantes: Le Bistrot (não abre aos domingo) excelente opção de comida francesa, Rivoli (não abre aos domingo) ótima opção de comida italiana, Baco um bom restaurante de comida francesa, os três ficam na mesma rua. Mas vá preparado porque os preços são muito parecidos com os preços dos bons e caros restaurantes de São Paulo.

Fachada de um prédio comercial no bairro Providencia

O bairro El Golf é o mais moderno e luxuoso da cidade; não deixe de ir ao Shopping Parque Arauco, um famoso centro de compras. Ótimo para comprar cosméticos em geral, perfumes importados, e roupas de grife.

Parte externa do Shopping Parque Arauco

Todos que vão à Santiago têm como roteiro ir conhecer um vinhedo, e todos (taxista, o hotel, o vinhedo), se aproveita disso para cobrar caro dos turistas. É legal conhecer, e degustar um bom vinho.
Fomos a vinha Concha Y Toro, mas do nosso modo, e o passeio foi muito bom. Primeiro agendamos uma visita ligando direto para lá (56-2) 476-5269, depois, pegamos o metrô próximo ao nosso hotel e fomos até a última estação: a “las mercedes”; lá, pegamos um táxi e pagamos menos porque já estávamos bem próximos. Chegando lá, pagamos somente pelo Tour interno, e ainda almoçamos no restaurante deles (paga-se a parte pelo consumo), foi legal, nosso grupo era só de brasileiros para variar, rs.


Casilleiro del Diablo


Vinhedo Concha Y Toro

Conhecemos o vinhedo, um pouco da história do Casilleiro del Diablo, vimos onde os vinhos são armazenados, degustamos dois vinhos e no final pudemos trazer a taça com a marca da vinícola. Na volta, pegamos um táxi ao lado da vinícola, voltamos até o metrô e fomos para o hotel, tudo bem rápido, apesar de distante.
No geral, gostei muito de Santiago, uma cidade moderna, limpa, com bons restaurantes, e vários lugares para se conhecer. E sem a desigualdade social que é muito comum em nosso País.


Até a próxima viagem...!!!
Fotos tirada por Vanessa Carvalho