terça-feira, 24 de julho de 2012

Parque Nacional Aparados da Serra - Cânion do Itaimbezinho

O Cânion do Itaimbezinho fica localizado no Parque Nacional Aparados da Serra, na região sul do Brasil, numa área de aproximadamente 30.360 hectares. Para se ter ideia, costuma-se dizer que cada hectare (10.000 m2) tem aproximadamente o tamanho de um campo de futebol; logo, a área do parque seria algo em torno de 30.000 campos de futebol lado a lado.
 
 
O acesso é feito através da RS-020 ou BR-101. A cidade mais próxima é Cambará do Sul, localizada a 190 km da capital Porto Alegre. O valor dos ingressos é de R$ 6,00 por pessoa. Para veículos, o valor é de R$ 5,00 para automóveis, R$ 10,00 para ônibus e R$ 3,00 para motos.
 


Portal da entrada da cidade Cambará do Sul


Caminho para o Parque Nacional Aparados da Serra



 
 
O parque é aberto à visitação de terça à domingo, das 8h00 às 17h00. Não tem lanchonete ou restaurante, apenas banheiros e bebedouros. Por isso, leve um lanche, água e barras de carboidrato e proteína, se não quiser perder o pique.
 
O passeio é feito “a pé”, você pode escolher entre três trilhas abertas ao público, sendo a trilha do Vértice e a do Cotovelo as principais atrações. A trilha do Rio do Boi permite chegar ao interior do cânion.
 


 Cânion do Itaimbezinho


Cachoeira do Cânion







Escolhemos a trilha menor e, ainda assim, a caminhada (por terra) é de uma hora para ir e uma hora para voltar. O terreno é reto, tranquilo, a beleza do cânion é sem palavras, você deve dedicar umas poucas horas da sua vida para conhecê-lo.
 
 
Até a próxima viagem...!!!
 
 
Fotos tiradas por Vanessa Carvalho


 

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Inverno 2012 em Gramado, Canela e Nova Petrópolis

Voltar a Gramado é sempre bom, no inverno é melhor ainda. É uma cidade com clima agradável, bons restaurantes, bons passeios, e variedade de lojas.

 

Rua Coberta
 

Rua Coberta
Prédio onde acontece os Festivais de Cinema em Gramado
 
Igreja Matriz São Pedro
 

Avenida Borges de Medeiros
 

Praça Major Nicoletti
 
 
 
Fomos a vários lugares, mas desta vez o que me chamou a atenção foi o restaurante temático “Porto dos Piratas”, uma pizzaria muito legal “a la Piratas do Caribe”. O restaurante tem a fachada em forma de barco, os garçons fantasiados a caráter, e o melhor é que a pizza é muito boa, oferecendo o sistema a la carte e um rodízio completo, com muitos, mas muito sabores diferentes.

Porto dos Piratas Pizzaria
 

Lago Negro

Play House Florybal
 
Parque temático dos Chocolates Caracol


Canela e Nova Petrópolis são duas cidades da região também muito agradáveis, com alguns passeios disponíveis, bons restaurantes, couro e chocolate para todos os gostos, é uma extensão do roteiro dos turistas que vão a Gramado.

 
Canela
 
Avenida em Canela
 
Loja Florybal em Canela
 
Igreja Matriz de Nossa Senhora de Lourdes

 
Rua Coberta em Nova Petrópolis
 

Até a próxima viagem...!!!
 
Fotos tiradas por Vanessa Carvalho


 

Bento Gonçalves 2012: Vale dos Vinhedos, Caminhos de Pedra


Na primeira vez em Bento Gonçalves, ficamos hospedados na Vinícola Casa Valduga, no vale dos vinhedos, e tivemos a oportunidade de fazer um curso de degustação de vinho, além de apreciar uma boa comida e o sossego do campo. 

Desta vez, ficamos na cidade e fomos conhecer outras vinícolas e lugares da região. No vale dos vinhedos são 27 vinícolas abertas para visitação, a maioria com degustação e varejo, mas vá com calma, lembre-se da Lei Seca.



Entrada da Cidade de Bento Gonçalves

Brincadeiras à parte, fizemos um passeio muito agradável; fomos a Vinícola Miolo, fizemos a visita à fábrica, moderna, industrializada, muito profissional; lá você pode entender todo o processo de criação dos vinhos; em seguida, participamos da degustação com um sommelier da casa, e deu até para fazer umas comprinhas.
 


Entrada Vinícola Miolo



Instalações da Miolo


Instalações Miolo



Depois, fomos a Vinícola Salton, também muito bem organizada e estruturada; primeiro, visitamos a fábrica, uma instalação moderna, em que você pode conhecer todas as etapas de produção do vinho; depois, fizemos a degustação de alguns vinhos da casa, também com um sommelier deles, vale a pena, recomendo.
 

 
Vinícola Salton




Instalações Salton





Vinícola Don Laurindo


Parreira Milantino


Em Bento Gonçalves, outro roteiro obrigatório é o Caminho de Pedra que preserva a cultura que os imigrantes italianos trouxeram à serra gaúcha a partir de 1875. Vários filmes já foram rodados lá, inclusive o filme O Quatrilho, que concorreu ao Oscar em 1995, como Melhor Filme Estrangeiro, e contou com a participação das atrizes Patrícia Pillar e Glória Pires. 

 
São vários os pontos para visitação, com restaurantes, lojas, artesanato, atelier, pousada, entre outros além de mais de 50 pontos de observação que são patrimônios arquitetônicos.

 

Caminho de Pedra


Almoçamos no Restaurante Nona Ludia, muito bom por sinal, fica no porão de uma casa de pedra, um ambiente muito especial e um cardápio único. Depois, fizemos a visitação na Vinícola Salvati e Sirena.


Restaurante Nona Ludia



Café - Caminho Pedra


Vinícola Salvati & Sirena

 

Até a próxima viagem...!!!


Fotos tiradas por Vanessa Carvalho


 

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

SANTIAGO/Chile

Santiago é a capital do Chile, uma grande e vibrante metrópole com cerca de 6 milhões de habitantes; sua língua oficial é o espanhol, mas eles entendem muito bem o português, já que é difícil você ir a algum lugar e não encontrar um “brasileiro”. É uma cidade de negócios, que recebe vários turistas do mundo todo.
Fomos para Santiago no final de dezembro, no começo do verão, mas do avião foi possível ver um pouco da neve no pico da Cordilheira dos Andes, uma cadeia de montanhas com lagos claros, e de uma beleza difícil de explicar ou transmitir através de fotos. 
Vista da Cordilheira dos Andes

Ficamos hospedados no Hotel Plaza San Francisco no centro, com excelentes serviços, quarto bem confortável e localização privilegiada. Está próximo de alguns pontos turísticos, como: o Palacio de La Moneda; o Cerro San Cristobal; Cerro Santa Luzia; o Jardim Zoológico; Casa de Plabo Neruda; Patio Bella Vista; Plaza de Armas; Museo de Arte Colonial; Museo Nacional de Bellas Artes; Museo e Iglesia San Francisco; Mercado Central entre outros.
Todos estes pontos ficam muito próximos, você pode ir a pé, para conhecer melhor a cidade, ou de metrô. É muito seguro e tranquilo se guiar com o metrô; para facilitar, íamos de um lado para o outro com ele, mas, não se esqueça de pedir um mapa para a recepcionista do hotel, será muito útil.
Bandeira do Chile
O Palacio de La Moneda, o Cerro Santa Luzia, o Museu e Iglesia San Francisco ficam na mesma avenida no centro. Andando pelo centro você encontra várias lojas, bancos, casas de câmbio, os outros museus e o Mercado Central, onde ficam alguns restaurantes que exploram um pouco os turistas.
Palacio de La Moneda


Museu e Iglesia San Francisco


Museu Nacional de Bellas Artes


Terraza Neptuno fica no Cerro Santa Lucia
No bairro Bela Vista está o Cerro San Cristobal; o Jardim Zoológico; a Casa do famoso poeta e escritor Plabo Neruda, que fica a poucos metros do Jardim Zoológico numa rua sem saída;  o Patio Bella Vista com vários restaurantes e lojas com as famosas Pedras Lápis Lazúli.
Casa de Pablo Neruda no bairro Bela Vista


O bairro Providencia é bem moderno, com várias lojas e restaurantes. É bem seguro andar a noite, aproveite porque em Santiago 09:00 da noite ainda é dia, com sol e tudo. Não deixe de ir aos Restaurantes: Le Bistrot (não abre aos domingo) excelente opção de comida francesa, Rivoli (não abre aos domingo) ótima opção de comida italiana, Baco um bom restaurante de comida francesa, os três ficam na mesma rua. Mas vá preparado porque os preços são muito parecidos com os preços dos bons e caros restaurantes de São Paulo.

Fachada de um prédio comercial no bairro Providencia

O bairro El Golf é o mais moderno e luxuoso da cidade; não deixe de ir ao Shopping Parque Arauco, um famoso centro de compras. Ótimo para comprar cosméticos em geral, perfumes importados, e roupas de grife.

Parte externa do Shopping Parque Arauco

Todos que vão à Santiago têm como roteiro ir conhecer um vinhedo, e todos (taxista, o hotel, o vinhedo), se aproveita disso para cobrar caro dos turistas. É legal conhecer, e degustar um bom vinho.
Fomos a vinha Concha Y Toro, mas do nosso modo, e o passeio foi muito bom. Primeiro agendamos uma visita ligando direto para lá (56-2) 476-5269, depois, pegamos o metrô próximo ao nosso hotel e fomos até a última estação: a “las mercedes”; lá, pegamos um táxi e pagamos menos porque já estávamos bem próximos. Chegando lá, pagamos somente pelo Tour interno, e ainda almoçamos no restaurante deles (paga-se a parte pelo consumo), foi legal, nosso grupo era só de brasileiros para variar, rs.


Casilleiro del Diablo


Vinhedo Concha Y Toro

Conhecemos o vinhedo, um pouco da história do Casilleiro del Diablo, vimos onde os vinhos são armazenados, degustamos dois vinhos e no final pudemos trazer a taça com a marca da vinícola. Na volta, pegamos um táxi ao lado da vinícola, voltamos até o metrô e fomos para o hotel, tudo bem rápido, apesar de distante.
No geral, gostei muito de Santiago, uma cidade moderna, limpa, com bons restaurantes, e vários lugares para se conhecer. E sem a desigualdade social que é muito comum em nosso País.


Até a próxima viagem...!!!
Fotos tirada por Vanessa Carvalho