segunda-feira, 27 de julho de 2009

Vitória/ES

A cidade de Vitória é a capital do estado do Espírito Santo. Conhecida como cidade Presépio, por causa das luzes das casas do morro a noite, é uma das três ilhas-capitais do Brasil; as outras duas capitais estaduais são Florianópolis (Santa Catarina) e São Luis (Maranhão).
 
Vitória - conhecida como Cidade Presépio
 
Vitória tem cerca de 318.000 habitantes, e é uma das três capitais do Brasil que possui o melhor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), além de apresentar o maior PIB per capita, entre as capitais. Além disso, possui dois grandes portos, o Porto de Vitória e o Porto de Tubarão, este controlado pela Companhia Vale do Rio Doce. Ambos são considerados os melhores em qualidade do Brasil.
 
Ao fundo Porto de Vitória
 
Vitória é uma cidade bonita, com várias construções modernas, e que tem se desenvolvido muito nos últimos anos, por conta da exploração do petróleo e das mineradoras que atuam na região.

Cidade litorânea, a capital capixaba conta com diversas praias. A maior e mais conhecida é a Praia de Camburi, com seis quilômetros de orla marítima; também é a mais freqüentada por turistas, com sua orla toda urbanizada, com quadras de vôlei, futebol de areia, calçada para caminhadas, além de contar com uma ciclovia em toda sua extensão. Na avenida, vários hotéis modernos, restaurantes típicos, pizzarias e edifícios residenciais completam a arquitetura.
 
Praia de Camburi

Quando vamos a Vitória, normalmente ficamos em algum hotel de frente para a praia de Camburi, e todas as tardes, após o trabalho, caminhamos pelo calçadão da orla, um exercício que, além de saudável, é bem agradável aos olhos. Mas para banho, eu particularmente não gosto muito, pois acho a areia um pouco grossa e a água do mar escura; a praia também não tem quiosques como por exemplo as praias de Ubatuba/SP.
 



Praia de Camburi
 
Mas é possível conhecer outras praias, no bairro da Enseada do Suá. A praia Curva da Jurema é uma praia com vários quiosques, o mar é tranqüilo, e é bastante povoada, por várias tribos diferentes.
Praia Curva da Jurema
 
A praia da Ilha do Frade, a Paia do Canto e a Praia da Ilha do Boi são outras opções. Na Ilha do Boi são duas pequenas praias, pequenas mesmo, tanto que a praia detém o maior número de banhistas por metro quadrado da ilha. É quase como uma lotação.

Contudo, é ao redor da Praça do Papa em que ocorrem os principais eventos e acontecimentos da cidade. Por ser uma grande área aberta, de frente para o mar, e com um píer ao lado, é um local perfeito para um passeio a céu aberto. Nos finais de semana acontecem feiras e exposições, além de shows musicais.

A praça recebeu este nome em homenagem a visita do Papa João Paulo II a cidade, que também construiu um Monumento da Paz, na ocasião. Nele, as pessoas podem escrever mensagens de paz, e deixá-las penduradas num grande quadro, ou em uma árvore que fica bem ao centro do interior do prédio.


Praça do Papa ao fundo prédios da avenida
 
 
 
Quem vai a Vitória não pode deixar de provar a Moqueca Capixaba. São vários restaurantes que servem o prato típico na cidade, tradicionalmente servida com o peixe ou camarão da sua escolha, cozido com pedaços de tomate e molho vermelho. O prato ainda acompanha pirão de peixe e arroz branco. O restaurante Partido Alto, localizado na Avenida Dante Micheline, no bairro do Cambuí, tem uma das melhores feita no Espírito Santo. Apesar de ter uma aparência de bar, com mesas na calçada, o local é uma das melhores opções gastronômicas da capital capixaba.

Para quem quer trazer recordações da região, é possível comprar panelas de barro de boa qualidade a um preço bastante em conta. Se você estiver de carro, na Rodovia do Sol, que liga Vitória a Guarapari, têm várias opções que podem ser adquiridas R$ 10,00, para um jogo de 3 panelas.

A cidade também tem vários shoppings. Mas o maior do estado é o Vitória Shopping, inaugurado em 1993, localizado na Avenida Américo Buaiz. Ao fundo, tem uma pequena praia com calçadão para caminhada e ciclovia. É possível ver a Terceira Ponte dali, acesso que liga Vitória até Vila Velha com pedágio no valor de R$ 1,60 para carro. Estão tão próximas as cidades de Vitória, Serra, Cariacica e Vila Velha, que parecem ser uma única cidade. Todas têm pontos turísticos variados, só que Vitória é a mais moderna e bonita.

Ciclovia e praia atrás do shopping
 
Terceira Ponte liga Vitória a Vila Velha
 
Em Vila Velha um passeio obrigatório é o Convento da Penha. Sua vista é maravilhosa, tornando possível ver boa parte das belezas de Vitória. Em Serra, fomos a algumas praias, mas sinceramente não gostei de nenhuma. A areia é grossa e vermelha, com a água escura e avermelhada por causa da areia. Cariacica é uma cidade feia e famosa pela violência, mas é a entrada para a capital, pra quem vem de carro. Porém, o melhor mesmo é ficar em Vitória.

Conveto da Penha em Vila Velha vista da Terceira Ponte
Até a próxima viagem...!!!
Fotos tirada por Vanessa Carvalho

sábado, 25 de julho de 2009

Gramado/RS

Gramado é um município brasileiro localizado no estado do Rio Grande do Sul, na Serra Gaúcha, região das Hortênsias fazendo divisa com Caxias do Sul, Três Coroas, Canela, Nova Petrópolis e Santa Maria do Herval. Gramado está a 115Km da Capital do Rio Grande do Sul - Porto Alegre. E sua população é de quase 34 mil habitantes.
Entrada de Gramado - Fonte: www.wikipédia.org.br

A cidade possui um clima subtropical, no verão a temperatura é em torno de 22ºC, com alguns dias mais quentes e com noites agradáveis por causa das montanhas e dos bosques. No inverno a temperatura pode chegar abaixo de 0ºC.
Por ser uma cidade turística as pessoas vão a Gramado buscando frio e quem sabe num inverno mais rigoroso a neve.

Igreja Matriz São Pedro

Gramado tem várias indústrias de móveis, fábricas de chocolate, e malhas, só que 90% de sua economia se concentram no turismo. Por isso a cidade oferece vários eventos como o Festival Brasileiro e Latino de Cinema que acontece todo ano desde 1973. O Festival Natalino conhecido como Natal Luz e a Festa da Colônia.

Decoração de Natal na Rua Borges de Medeiros
Abertura do Festival Natal Luz 2008

Eu já fui algumas vezes a Gramado, e mesmo não gostando muito do frio adoro a cidade, para falar a verdade até o frio de lá é gostoso. Você se esquece de todos os problemas tem muita coisa legal para fazer.

A arquitetura da cidade é bem diferenciada, na Avenida Borges de Medeiros você encontra várias lojas de roupas, sapatos, chocolates, agasalhos e alguns restaurantes. Na Rua coberta, além de restaurantes e lojas é a partir dela que se estende o tapete vermelho para eventos, como o Festival de Cinema.

Rua Coberta

Outros pontos turísticos que vale a pena conhecer: Mini Mundo, Lago Negro, Aldeia do Papai Noel não importa qual é a sua idade quando você anda no pedalinho no Lago Negro ou visita a Aldeia do Papai Noel e brinca com a neve artificial você volta a ser criança.

Lago Negro - Fonte: www.wikipedia.org.br
Gramado também oferece várias opções de hotéis, mas nós ficamos no Hotel Glamour da Serra que fica na Rua João Petry, um hotel novo, com quartos bem aconchegantes e completos, com ar condicionado e calefação, TV e DVD, cama queen size, internet, e lareira na recepção. E a diária inclui o café da manhã estilo colonial, com uma grande variedade de pães, bolos, sucos, frutas, frios, doces e sobremesas, para mim é um hotel muito bom.
Fachada do Hotel Glamour da Serra

Possui vários Restaurantes com comida típica européia, como: alemã, italiana, e portuguesa. Jantamos no Restaurante Ratatouilli, que fica na Praça Major Nicoletti. Eles possuem um rodízio de Fondue Completo com Pães, Carnes e Frutas é um pouco exagerado misturar tudo mais é muito bom.

O alemão Fritz Haus Restaurante e Choperia fica na Rua Borges de Medeiros com ambiente agradável com decoração personalizada e serve uma seqüência de comida típica com: saladas, bolinhos, frango a passarinho, Spätzle (nhoque alemão), joelho de porco, carne de pato, salsicha, Chucrute, Purê de Maçã, sobremesas entre outros. É muito bom mais para mim é muita comida o resultado é voltar com alguns quilos a mais.






Ainda não falei do chocolate. Acho que engordei só de escrever mas o chocolate é uma tentação, é o tipo da coisa que é impossível comer um só e não trazer várias barras para casa. Até hoje guardo a caixinha em que vieram as barrinhas, foi a única coisa que sobrou.


Até a próxima viagem...!!!
Fotos tiradas por Vanessa Carvalho


segunda-feira, 20 de julho de 2009

Curitiba/PR

Curitiba é uma cidade brasileira, capital do estado do Paraná, e é considerada a cidade com melhor qualidade de vida do Brasil. É a sétima cidade mais populosa do país, com uma população de 1.828.092 habitantes.








Por causa de sua altitude e sua posição geográfica, Curitiba é uma cidade que tem um inverno um pouco mais frio do que as demais capitais do Brasil. Então se você vai a Curitiba leve um agasalho, nunca é demais ter um casaco por perto.

Já fui algumas vezes para Curitiba, é uma cidade com vários pontos de lazer como: Parques, Shoppings Center, Restaurantes, Rua 24 horas, e Teatros. É em Curitiba que acontece desde 1992 o maior Festival de Teatro brasileiro, responsável pelo aumento no número de turistas na cidade.
Vista do bairro Batel


Para quem gosta da natureza, o Jardim Botânico de Curitiba é uma opção muito agradável, inaugurado em 1991, é um parque com uma grande variedade de árvores, plantas e flores do Brasil e de outros países.





Jardim Botânico
O Parque Barigüi foi criado em 1972, e recebeu o nome do rio que foi represado para formar um grande lago em seu interior. É ótimo para quem gosta de caminhar ou fazer piquenique, um espaço grande, limpo com muita área verde, diversos animais vivem livres no parque como: patos, gansos, e até capivara.
Parque Barigüi

Vale a pena conhecer o Teatro Ópera de Arame, sua estrutura foi montada em 75 dias e inaugurado em 1992, é todo construído com tubos de aço e estruturas metálicas e coberto com placas transparentes de policarbonato. Possui capacidade física para 2 mil pessoas.
Teatro Ópera de Arame

Quem vai a Curitiba não pode deixar de ir ao Restaurante Novo Madalosso fundado em 1970 e localizado no bairro Santa Felicidade, um bairro famoso pelo vilarejo italiano.



O Restaurante Madalosso entrou para o Guiness Book, o livro dos records, como o maior restaurante das Américas e o segundo do mundo com total de 4.645 lugares e uma área total de 7.671 metros quadrados.




São mais de 15 pratos servidos no rodízio de massas. Além de polenta frita, tem o tradicional frango frito, salada de alface e batata. O restaurante também oferece várias opções de sobremesa, eu adoro o morango com chantily.
Taça de Morango com Chantily
Fonte da foto: www.madalosso.com.br
Ao lado do restaurante tem uma loja para os apreciadores de queijos e vinho, são várias opções com fabricação do próprio Madolosso, e para os menos apreciadores do vinho tem um bom suco de uva, que também leva o nome da casa.
Fachada do Restaurante Madalosso e Pratos da Casa
Fonte da foto: www.madalosso.com.br

Até a próxima viagem...!!!
Fotos tirada por Vanessa Carvalho


domingo, 5 de julho de 2009

Itatiaia/RJ

Itatiaia é um município brasileiro que está localizado no estado do Rio de Janeiro. È em Itatiaia que se localiza o Pico das Agulhas Negras, com 2.792,66 metros de altura, é o ponto culminante do estado do Rio de Janeiro e a oitava montanha mais alta do Brasil.

O cume das Agulhas Negras está situado na parte alta do Parque Nacional do Itatiaia
, na divisa entre os estados de Rio de Janeiro e Minas Gerais, fazendo parte da Serra da Mantiqueira.

O Parque Nacional do Itatiaia é o mais antigo do Brasil, foi criado em 14 Junho de 1937. O parque possui várias montanhas, cachoeiras, lagos, chalés com arquitetura diferenciada, hotéis, e mantém uma fauna e flora bastante diversificada devido à altitude e ao clima variado.

A entrada no Parque é paga a Parte Baixa: R$ 3,00/pessoa; R$ 5,00/automóvel; R$ 10,00/ônibus; Parte Alta: R$ 12,00/pessoa.

Entrada do Parque Nacional do Itatiaia
Para quem gosta da natureza, é um passeio que vale a pena. Fui ao parque no começo deste ano (2009), na volta de uma viagem que tinha feito a trabalho para a cidade de Vitória, capital do Espírito Santo. Primeiro, visitei o museu que tem dentro do parque, que possui um vasto acervo de fotos, animais empalhados, rochas das montanhas; lá você tem a possibilidade de conhecer um pouco da história do parque.

Fotos do Museu do Parque Nacional do Itatiaia





Depois, eu e meu marido fomos conhecer a Cachoeira Véu de Noiva, que fica na parte baixa do parque. Neste dia, várias cachoeiras estavam com acesso restrito por causa de uma semana de chuva intensa. Porém, no dia em que a visitamos estava um sol lindo, acho até que estava esperando por nós.

Foi uma aventura inesquecível, eu não estava nem preparada para este passeio – no dia estava usando uma sandália plataforma, mas não me impediu, mesmo com medo, de entrar na trilha, por causa de bichos peçonhentos que eu poderia encontrar no meio do caminho. Aproveitamos um guia, que estava com outro casal, e subimos.

Foram uns 20 minutos de caminhada pela trilha, pulando galhos, pedras, se apoiando em árvores com lodo, mas no final valeu a pena. A vista é maravilhosa, a água que escorre entre as pedras forma um rio cristalino e gelado. Tiramos várias fotos e depois pegamos o caminho de volta pela trilha; o único problema foi descer, mas (ufa) não caí, mesmo com a sandália alta – o que consegui foi tropeçar um pouco, mas nada grave.

















Fotos da Cachoeira Véu de Noiva












Lá embaixo, continuamos o passeio; fomos olhar a vista do Mirante do Último Adeus. De lá é possível ver uma parte do parque, a Usina Hidrelétrica do Funil, pertencentente à estatal Furnas Centrais Elétricas, além de toda aquela natureza exuberante. A única coisa ruim foi a hora de ir embora.























Vista do Mirante do Último Adeus










Até a próxima viagem...!!!
Fotos tirada por Vanessa Carvalho